Livro: O que as Mulheres Francesas sabem sobre amor, sexo e atração!

Posso ouvir vocês dizendo “aleluia Alana finalmente você vai escrever sobre esse livro!”, pois é, acho que finalmente eu tenho uma opinião formada sobre esse maravilhoso livro. Primeiro, preciso dizer que ele vai ser impossível de esquecer porque foi o primeiro livro que eu comprei com o meu dinheiro, eu fui na livraria, encomendei, esperei chegar e busquei, sem precisa pedir pra ninguém e pra quem gosta de ler e colecionar livros isso é a melhor coisa do mundo!

Enfim, logo que eu comecei a ler rolou uma “mini-decepção” porque na minha cabeça esse seria uma livro super fácil de ler que te daria “10 passos pra ser tão confiante como as mulheres francesas”, mas não, o livro todo é exatamente contra isso, contra os “5, 10 ou 15 passos” para tal coisas, ele não vai jogar a informação toda mastigada pra você, pelo contrário, é um livro que te faz pensar e muito! Logo nas primeiras páginas vi muitos termos e palavras que eu não conhecia e vi a cultura francesa muito mais antiga e tradicional ser todinha desenrolada e mostrada em cada uma das páginas e eu aprendi muito sobre a história, as grandes personalidade e a literatura incrível da França!

A autora – Debra Olivier- é uma americana que foi solteira pra França e lá se casou e teve dois filhos com um francês e durante esse período ela começou a comparar as culturas e descobriu que enquanto a cultura americana (a nossa cultura também) tenta disfarçar tudo, a cultura francesa aceita as coisas como elas são, enquanto aqui na América rola uma guerras dos sexos, na França os sexos se amam, na França sexo não é tabu, sexo é normal e ninguém precisa ter vergonha, e o amor não tem regras, afinal, cada relacionamento é de um jeito, cada casal é de um jeito, cada pessoa se sente bem vivendo de um jeito e que não há só preto e branco no mundo, existem vários tons, de várias cores que simbolizam todas as possibilidades que nós podemos ter.

Foto1665[1]

“vamos deixar as mulheres obviamente bonitas para os homens sem imaginação”

O livro fala sobre “mais ser menos” pra gente se preocupar menos e viver mais, sobre aceitar e “amar nossos defeitos de aparência porque eles nos tornam diferentes”, sobre sim se preocupar em estar linda, mas também se preocupar em estar com a cabeça cheia de coisas interessantes e se recusar a ser só um enfeite no mundo, sobre a lógica de 1 + 1 = 2, e que num relacionamento entre 2 pessoas, os dois tem que ter sua vida, seus segredos e suas discordâncias, afinal casal que não briga, não progride. Achei o livro perfeito por condenar a perfeição, afinal um pouco de caos e coisas não planejadas são as coisas mais gostosas do mundo, por nos falar de valor ao simples e não sermos tão críticas, aprender a viver mesmo sabem? A esquecer que você não passou protetor, ou que sua unha quebrou, isso não é importante, viver e passar um tempo com quem você gosta é que é, e que tempo não é dinheiro, porque tempo é mais valioso do que dinheiro!

Um termo que eu aprendi com a escrita da Debra e que não para de passar pela minha mente é ter noção da “brevidade do tempo”, em outras palavras ter noção de o tempo em que você está tentando ser alguém você está perdendo não sendo você mesma e não descobrindo como você é maravilhosa, como os homens são maravilhosos e você não tem odiar eles, só tem que dar valor a si mesma e aprender a relaxar um pouco. 

Não queria que o post ficasse tão grande mas eu precisava falar de tudo que eu aprendi e amei descobrir enquanto lia e sim, eu indico pra qualquer mulher que queira ter uma visão diferente da vida, dos homens e dela mesma.

Espero que gostem!

-Alana Bastos

Anúncios

Opine e faça uma Alana feliz ; ) Ah, e se você também é blogueira deixa o link no fim do comentário pra eu conhecer o seu cantinho!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s