Olá, 2017

praia-2017

Finalmente estou escrevendo esse post, me dei uns dias de férias depois de Dezembro ter sido um mês intenso gravando vlog todos os dias e todas as semanas até o Natal (e foi muito gostoso, já estou com saudade!), o que eu não imaginava era ter que estender as férias um pouquinho por pegar uma virose nos meus últimos dias de praia, hoje eu me sinto melhor então vamos conversar!

O ano de 2016 foi difícil pro mundo em diversos sentidos, mas olhando só pra mim foi um ano fantástico onde tanta coisa mudou de um jeito louco e pra melhor, tantas oportunidades pro blog e pro canal surgiram e até numa revista que eu lia quando era mais nova meu nome apareceu!

Foram mais de 44 mil visualizações aqui no blog e no Youtube – pasmem- mais de 280 mil! Só posso dizer muito obrigada e os números não medem a coisa mais especial: o carinho de vocês, comentários, e-mails, perguntas, sempre de forma fofa e dizendo que inspirei vocês ❤

Tenho muitos planos pra 2017, o maior deles confesso é a faculdade já que vai ser meu último ano e eu to doida pra me formar e poder seguir em frente, viver outras coisas e estar numa nova etapa, mas também tenho muitas metas pro blog e pro canal e não vou deixar isso ficar de lado.

Espero que vocês me acompanhem mais um ano e também quero saber: quais os planos de vocês? 

-Alana Bastos

Fotos na Paulista!

Esse fim de semana nós fomos tirar algumas fotos com a nossa amiga Fran (conheçam o instagram de fotos dela) na Avenida Paulista e eu fiquei apaixonada com o resultado:

01

02
03

Aquela espontâneas

04

05

06

07

08

09

10

15

16

17

18

20

23

26

22

28

30

32

35

36

38

39

Como a Fran é nossa amiga ela não cobrou as fotos mas eu queria pedir pras vocês conhecerem o perfil dela e indicarem pros amigos que estão precisando de fotógrafo, ok?

-Alana Bastos

Metas pra 2017!

metas-2017

Acabei de assistir o vídeo de metas pra 2017 da Karol Pinheiro e da Maqui e percebi que ainda não tinha escrito minhas metas aqui o que já é uma tradição, então vamos lá:

  1. 10 mil no canal
  2. 1.500 na fanpage
  3. 2.000 no instagram
  4. Trabalhar mais com o blog/canal
  5. Ir no show do Justin (comprei? Não. Tenho dinheiro? Não, mas também não custa sonhar)
  6. Terminar o TCC
  7. Me formar
  8. Ter algo pra representar a faculdade (anel, berloque, colar…)
  9. Conhecer pessoalmente mais pessoas que eu admiro
  10. Participar de uma ação legal de alguma empresa
  11. Comemorar os 5 anos de namoro de uma forma especial ❤

Quais são as metas de vocês?

O que você tem pra AGRADECER esse ano?

Eu sei que 2016 foi um ano difícil a nível mundial e até mesmo aqui dentro do Brasil, crises e tragédias aconteceram (inclusive essa última com o time do Chapecoense : /), mas justamente nesses momentos é que nós temos que olhar ao nosso redor e perceber o quanto nós temos para agradecer.

Desde o ano passado eu faço um vídeo no dia de Ação de Graças falando sobre coisas que aconteceram na minha vida e no meu ano, e as metas que eu realizei:

Convido vocês todos a deixarem nos comentários – do vídeo ou desse post – o que de bom vocês tem pra agradecer nesse fim de 2016, vamos agradecer juntos! 

Se você gostou dê seu joinha e se inscreva no canal!

-Alana Bastos

Eu engordei…

post eu engordei

Na maior parte da minha vida eu fui bem magra e (prestem atenção) abaixo do peso ideal nem doar sangue eu podia mesmo já tendo 19 anos tudo por causa do peso, eu sentia muito sono e ficava sempre doente e reparei de um tempo pra cá tudo isso melhorou porque nesse período de frio eu engordei 4kg de uma vez, chegando mais perto do ideal pra minha altura.

Eu comecei a sentir mais fome e até meus sogros repararam, comecei a comer mais vezes no dia e não como antes que eu ficava várias horas e não reparava que não tinha almoçado.

Mesmo com as melhoras muitas pessoas me falam pra eu “ter cuidado com os quilos a mais”, como se engordar fosse sempre ruim, me falam das minhas bochechas, e que o organismo fica mais lento com o passar dos anos. É muita pressão em se manter magra mesmo que você esteja bem mais saudável com os quilos a mais e se sentindo mais bonita também: tenho as pernas que sempre quis ter!

Junto com esse meu sentimento eu vi que várias famosas de Hollywood que já tem filhos estavam comentando sobre essa mesma pressão de ter seu corpo de antes. Seu corpo se esticou, relaxou seus ligamentos e aumentou e abaixou milhares de hormônios para poder gerar uma vida e dar a luz, é claro que seu corpo mudou e isso não é ruim, isso é normal.

Como quase fisioterapeuta eu posso dizer que sim, estar acima do peso prejudica sua coluna, muita gordura prejudica suas veias, e por aí vai, mas estar abaixo do seu peso também é ruim pra você, estar abaixo do seu peso na gravidez ou no pós-parto é péssimo pra você e pro seu bebê, e a pressão é pior ainda!

Não vamos deixar ninguém nos botar na neura de que devemos estar sempre magras, devemos estar sempre saudáveis, aliás, meus exames ó deu tudo perfeito: colesterol, glicemia, tireoide, tudo ótimo!

-Alana Bastos

5.000 inscritos – como tudo começou?

Quando eu acompanho uma pessoa, um canal ou um blog eu gosto de saber a história daquilo, como começou, qual era a ideia inicial, como foi crescendo e etc. Por isso para agradecer que agora nós somos 5 mil inscritos no canal eu fiz um vídeo contando como foi o ínicio do blog e do canal, como foi a escolha do nome, dos temas, porque eu resolvi falar sobre a faculdade, entre outros:

Se você gostou, dê seu joinha e se não é inscrito se inscreva e venha fazer parte da nossa família ❤

-Alana Bastos

Minha vida não tem padrão

sophie.jpg

Eu entendo que com a vinda do Snapchat pra nossa página de apps principais somente as fotos mais importantes vão pro Instagram, eu entendo que redes sociais são usadas pra inspirar, contar histórias, criar marcas e etc e acho lindo os perfis que mantem seu padrão, tudo nas mesmas cores, mesmos angulos, mesmos tons. Eu acho bonito, mas – não me leve a mal – também acho vazio.

Não acho vazio por futilidade, longe disso, dá um trabalhão, um trabalho de planejamento, cenário, figurino e fotografia mas eu não acho que isso tudo seja vida real. Você não precisa mostrar sua vida real no instagram, não mesmo, acho bacana um perfil pra gente suspirar e se inspirar e a gente precisa de coisas assim, mas eu, eu Alana, quero mostrar lá meu dia a dia, e desculpa, ele não é padronizado.

A decoração da minha casa não segue um só estilo ou uma só paleta de cor. Meu guarda-roupa tem coisas que eu compro, que eu ganho das minhas vizinhas, da minha sogra, da minha vó, que eu pego das roupas da minha mãe, não é tudo igual e não chegam caixas e caixas aqui todo dia (mas se um dia chegar, eu vou amar!)

Nem todos os lugares que eu vou tem uma decoração incrível (e que combina com o meu feed) as vezes eu vou na padaria da rua da casa do meu noivo e as vezes eu vou na cafeteria da faculdade.

E eu não vou deixar de postar aquela foto com a minha sobrinha só porque estavamos brincando e ela saiu tremida.

Vou te dizer o que você vai encontrar na conta @alanapbastos: looks do dia que eu realmente usei, com o cenário do lugar que eu realmente fui ou do estacionamento do meu prédio, ou da garagem do Thiago. Fotos da minha afilhada e da minha sobrinha, sorrisos, céus, café, muito café e coisas bonitas que eu encontrar por aí, independe da cor, da forma ou do tom. Seja bem vindo se gostar disso ❤

-Alana Bastos

PS: Já um tempo que os blogs se tornaram profissas e as pessoas reclamam e sentem saudade dos blogs simples e pessoais de antes, será que não sentiremos saudade dos instas simples, com coisas do dia a dia de antes?