Metamorfose

metamorfose

Fonte: https://br.depositphotos.com/portfolio-2610399.html

Eu sempre me identifiquei com borboletas, com a capacidade de mudança, eu sou discípula de um maluco beleza que dizia que ser metamorfose não é problema, mas sim ter aquela velha opinião formada sobre tudo.

Mas o que ele não disse é que mudar de ideia ou de caminho também dói, também deixa a gente perdido, eu acredito em se perder pra se encontrar, em mergulhar, se afogar em si.

Eu costumava ter sonhos em que o mar me submergia pesquisando descobri que significava aprender mais sobre si mesmo. Dessa vez, sem medo. Estou caminhando pras ondas.

-Alana Bastos

Anúncios

Vamos falar sobre ansiedade?

Coração acelerado, vontade de chorar, medo, dor de estômago e tudo isso sem motivo aparente: bem vindo a uma crise de ansiedade. Eu sempre fui uma pessoa ansiosa, mas fui ter crises desse tipo apenas no ano passado quando eu estava no último ano da faculdade, desde então comecei a tentar aprender o que era a ansiedade e como lidar com ela. Como eu divido tudo com vocês saiu um vídeo sobre isso no canal:

Se você tem alguma dúvida ou dica pode deixar nos comentários! 

E se você gostou do vídeo se inscreva no canal.

-Alana Bastos

Minhas fotos de Formatura!

Esse é um post pessoal e especial, nele eu trouxe algumas das fotos de formatura que e minha turma tiramos! Eu me formei em Fisioterapia no final do ano passado (tem muitos vídeos sobre a faculdade no canal!) e a maioria de vocês acompanhou cada etapa comigo, por isso nada mais justo do que dividir esse momento também:

foto formatura1

As fotos foram tiradas por uma colega nossa no jardim do Museu do Ipiranga aqui em São Paulo! foto formatura2foto formatura3foto formatura34jpg

Não coloquei todas as fotos da turma para não expor meus colegas que talvez não queiram aparecer aqui no blog, mas a ideia é inspirar vocês que ainda estão na faculdade a – apesar de todas as dificuldades – não desistir! Se formar e trabalhar com o que amamos é bom demais! 

Quer saber mais sobre esse dia? Clica aqui.

-Alana Bastos

Fases de Escada

Escadaria

Fonte: http://www.portaldobixiga.com.br/escadaria-do-bixiga/

Quando eu era adolescente costumava dizer para uma amiga minha que existiam “fases de escada” são fases em que são mais difíceis de passar, a gente precisa de mais força de vontade, as vezes de mais força física também, porém, elas nos levam mais alto.

As vezes você pode estar passando por uma fase assim, em que todos os dias trazem alguma dificuldade, algum problema ou burocracia, coisas que mexem com suas crenças, seus valores, sua rotina e suas emoções, mas como diz aquele famoso provérbio “isso também passa“.

Esse texto é pra te dizer: segura firme no corrimão e vai passando pelos degraus, quando você perceber, já estará lá em cima! Tenha orgulho de você e das suas pequenas lutas diárias, elas te levarão longe!

-Alana Bastos 

Em épocas de instagram, twitte

instagram e twitter

Fonte: https://br.pinterest.com/sotturna/

Não, eu não estou falando literalmente, afinal, eu amo as duas redes sociais, mas você já pensou em como o instagram hoje em dia se parece com a sala da nossa casa cheia de parentes no meio de uma reunião de família? Um deles fala uma piada machista, o outro defende a ditadura, você quer se esconder, mas dá um sorriso e faz a linda. O instagram as vezes parece um monte de gente mostrando seu melhor lado e tocando música enquanto o barco lá fora tá afundando faz tempo, não que seja algo ruim, a gente quer inspirar as pessoas, mas esquecemos que lutar pelo que acreditamos e militar pelos nossos ideais também é inspirador.

Já o twitter sempre foi uma terra de ninguém (no bom sentido), a maioria dos nossos familiares ainda não estão lá e ele parece mais uma reunião de amigos, eu comecei a usar em 2010 e nunca mais saí pelo simples motivo de que lá você pode xingar, reclamar da vida, ser good ou bad vibes, falar de política, militar pra caramba, subir # contra ou a favor de alguma coisa, postar foto sem sentido, postar vídeo sem sentido, desabafar. O twitter mostra nosso pior lado? Talvez, mas com certeza mostra nosso lado mais verdadeiro. Tem coisas que a gente só tem coragem de falar por lá.

Então em tempos de instagram, twitte. Não deixe seus ideais de lado só pra não deixar o ambiente pesado ou pra não causar uma treta de família, isso não resolve as coisas. Não se esconda só porque suas opiniões são diferentes da maioria, não se prenda num papel de quem não pode discordar e só pode ficar ali sorrindo, você não é uma peça decorativa. 

2018 só tem 11 dias e eu já percebi que esse ano não vamos aturar nada que não nos satisfaça, complete ou ensine algo, ainda bem!

-Alana Bastos

PS: Você pode me seguir no twitter e no instagram também : )

Olá, 2017

praia-2017

Finalmente estou escrevendo esse post, me dei uns dias de férias depois de Dezembro ter sido um mês intenso gravando vlog todos os dias e todas as semanas até o Natal (e foi muito gostoso, já estou com saudade!), o que eu não imaginava era ter que estender as férias um pouquinho por pegar uma virose nos meus últimos dias de praia, hoje eu me sinto melhor então vamos conversar!

O ano de 2016 foi difícil pro mundo em diversos sentidos, mas olhando só pra mim foi um ano fantástico onde tanta coisa mudou de um jeito louco e pra melhor, tantas oportunidades pro blog e pro canal surgiram e até numa revista que eu lia quando era mais nova meu nome apareceu!

Foram mais de 44 mil visualizações aqui no blog e no Youtube – pasmem- mais de 280 mil! Só posso dizer muito obrigada e os números não medem a coisa mais especial: o carinho de vocês, comentários, e-mails, perguntas, sempre de forma fofa e dizendo que inspirei vocês ❤

Tenho muitos planos pra 2017, o maior deles confesso é a faculdade já que vai ser meu último ano e eu to doida pra me formar e poder seguir em frente, viver outras coisas e estar numa nova etapa, mas também tenho muitas metas pro blog e pro canal e não vou deixar isso ficar de lado.

Espero que vocês me acompanhem mais um ano e também quero saber: quais os planos de vocês? 

-Alana Bastos

Encontrinho com a Taci, Nay e Evelyn!

taci-nay-e-evelyn

Essa semana a marca Wella organizou um evento no Shopping West Plaza para promover seu novo lançamento: Soft Color – uma tintura demi-permanente que tem uma boa fixação (melhor do que a semi-permanente) porém não tem amônia e preserva o aspecto natural do cabelo e pode ser usada com progressiva, alisamento ou permanente, além de ter propriedades hidratantes.

As “embaixadoras” do evento foram Taciele Alcolea ( ❤ ), Nayara Rattacasso e Evelyn Relgy que fizeram um bate-papo muito legal sobre suas experiências capilares e convidaram meninas que fizeram grandes mudanças ou que tem vontade de fazer em breve.

A Evelyn acabou chegando já no meio do evento por um problema no voo, mas foi super simpática e animada, assim como a Taci e a Nay. Depois da conversa teve sessão de fotos para as 100 primeiras meninas que foram nas lojas americanas naquele dia e eu não acredito, mas sim: eu consegui! Cheguei alguns minutos depois da loja abrir e peguei a número 097, soube que as meninas fizeram fila antes mesmo do shopping abrir.

Todo o evento foi incrível: consegui o autógrafo da Taci e do Fer no meu livro, pude vê-las falando bem de pertinho, tirar foto, contar pra Taci o quanto o livro dela me incentivou com o meu blog e canal e que desde então coisas incríveis tem acontecido, mas eu também consegui perceber o quanto de foco e profissionalismo é necessário em situações assim.

O evento estava cheio de meninas bem novinhas de 9,10 e 11 anos que estavam muito animadas – até um pouco histéricas, viu – e talvez não tivessem ainda maturidade pra estar diante das suas youtubers favoritas e ouvir o bate-papo sobre a marca e sobre o lançamento. Ao mesmo tempo que elas tinham que agradar a marca, seguir o roteiro e promover o produto, também tinham que dar atenção para as meninas mais novinhas. Isso me mostrou um outro lado sobre encontrinhos e me fez admirar as três ainda mais.

Esse é o meu relato de um momento super especial e também de um lançamento legal que algumas de vocês podem gostar de conhecer, não foi pago pela marca não, ok? Eu só achei legal fazer um post sobre isso.

Espero que gostem!

-Alana Bastos