Horas Complementares: 5 dicas!

Horas complementares são aquelas horas que a faculdade te cobra de palestras, cursos, filmes, congressos e atividades culturais no geral, sem essas horas você não consegue se formar e pegar o tão sonhado diploma. Por isso eu fiz um vídeo com 5 dicas de como conseguir essas horas sem gastar muito:

Se você gostou deixe seu joinha e se inscreva no canal pra não perder nenhum vídeo!

-Alana Bastos

Festa Junina: Inspiração!

Junho já começou e eu que sou louca por festa junina já atualizei meu Pinterest com várias imagens de inspirações pra você dar a sua festa:

festa junina 1

Fonte: elo7

As bandeirinhas e chapéus de palha não podem ficar de fora, mas as fitas coloridas vem ganhando mais espaço.

festa junina 2

Fonte: http://nathaliakalil.com.br

festa junina 3

Fonte: http://www.suacasasuafesta.com.br

festa junina 4

Fonte: Madeira Madeira

festa junina 5

Fonte: http://savedbylovecreations.com

festa junina 6

Fonte: www.paisefilhos.com.br

E as comidas também podem (e devem!) servir como decoração!

Se você gostou tem muito mais na minha pastinha do Pinterest!

-Alana Bastos

Rotina parte I: Organizar e planejar os estudos – GiouGiou, Café e Purpurina

estudos

Por mais chato e clichê que possa parecer, ter uma rotina é realmente necessário. E olha que eu digo isso por experiência própria!

Não vendendo meu peixe, longe disso, eu sempre tirei notas boas, sem me organizar muito. No ensino fundamental. Porque quando chegou o Ensino Médio, oh Jah! Primeiro, eu tive a pior turma da minha vida na primeira série, prefiro até não comentar. Só que esse ano… Esse ano GiouGiou chegou para passar pra UFF e só não ir por causa da idade. Esse ano eu estou Padrão GiouGiou.

A minha dica é: PLANINHO DE ESTUDOS.

Existem vários sites, youtubers, e todo o tipo de informação na internet que te auxiliam a montar seu próprio horário de estudos, de acordo com as suas necessidades. Mas muitas vezes, como no meu caso, algum professor seu pode fazer para você. Eu fiz o meu com o meu professor de Química – Valeu, Marquinhos! Você é o cara! –, ele respeitou todos os meus horários, priorizou minhas específicas e frisou que eu não posso ficar zumbi de estudar, e isso é muito importante. Sempre tem um carinha na sua escola que pode te ajudar com isso; ano passado eu fiz com a psicóloga, e também foi bem legal, mas foi um pouco menos rígido porque o foco era outro.

Bom, certamente quem vai fazer o seu plano contigo, o que eu mais indico, alguém com experiência, tem conhecimento sobre os modos de você atingir seu objetivo, ou seja, vai te preparar para isso. Eu quero História na UFF, ou seja, ENEM. Então meu plano tem Humanas em grande quantidade e Redação forte, o resto, vejo uma vez por semana, mais na revisão diária(+ 1 ou 2 vezes). É, revisar todo dia o que a gente viu em sala. Pode parecer bobeira, mas olha… Faz uma santa diferença!

Uma coisa muito importante é não forçar muito, o “virar zumbi” que eu já citei. Como eu dou aula a tarde e faço curso, foi preciso adaptar a esses horários. Em um primeiro momento botamos tempo de estudo para depois da aula das minhas crianças, mas com algumas semanas percebi que eu não estava me sentindo bem daquela forma. Então cortamos as aulas depois do meu Big Box. Tem gente que também estuda sábado e domingo, mas eu preferi ficar só com o sábado de estudo e domingo descansar.

Eu tenho uma rotina cheia, mas eu consigo levá-la bem, até então. Caso esse cenário mude, vou adaptando o plano até se adequar ao que me faz bem.

Atualmente meu plano é da seguinte forma:

  • Segunda e Quarta: Revisão Diária (a famosa R.D.), 15:00-17:00, 17:45-19:00 eu dou aula, e às vezes estudo por fora disso, no caso, depois, mas é nesse horário pós 19h que normalmente eu organizo minha dieta (fica aí um spoiler?).
  • Terça: R.D. 15:00-17:00, Química 17:30-19:30, Física 20:00-22:00.

E sempre seguindo esse esquema de horários mais ou menos. Aos sábados eu começo a estudar às 9h, e normalmente acordo às 7h para poder tomar café tranquila, um banho para acordar e focar no estudo, que vai até às 20h.

É claro que eu não sou um robô, e entre um “tempo” e outro, tenho uma pausa de meia hora, seja para comer ou conversar com o crush, as pausas são muito necessárias e precisam ocorrer! É preciso recompor a mente para uma nova atividade.

Existem outras pequenas atitudes que podem ajudar muito também a melhorar o rendimento do estudo, tanto no ato, quanto por fora.

Um ambiente bem iluminado, mesa sem muitas coisas, silêncio, além de ter todo o material que vai precisar em mãos para que não se distraia com outra ciosa no caminho. Fazer um cantinho se estudos no quarto mesmo é muito legal, ou se puder, um mini escritório também é ótimo, eu tive o primeiro no meu antigo apartamento, e agora, como tenho mais espaço, tenho o segundo.

Alimentar-se bem e praticar exercício físico também pode auxiliar. “Mente sã, corpo são” e vice-versa, não é mesmo?

Um beijo, um abraço, fui!

GiouGiou =)

gioGiovanna Abraçado Quitete tem dezesseis verões completos, é papagoiaba, nascida na região da Grande Rio de Janeiro, seu apelido favorito é ‘GiouGiou’ e sonha – e vai – ser professora de História. Gosta de ler, de ouvir Elis Regina e de visitar museus. No Instagram ela é @ggquitete, no Twitter ela também é @ggquitete e no Snapchat é só tirar o @ e ela é ggquitete.

6 Dicas para passeios culturísticos + 2 Lugares no Rio – GiouGiou, Café e Purpurina

Quem mais de perto me conhece – e muita gente também sabe pelas minhas redes sociais – eu amo sair por aí com uma boa companhia e conhecer museus, visitar pontos turísticos, agregar coisas novas ao meu mundinho visando expandi-lo cada vez mais. Pensando nisso, reuni algumas diquinhas para quem quer sair e não passar um aperto na rua, e ao final, algumas diquinhas de dois lugares que eu visitei no Rio e vale a pena você visitar também. Ah, e deixar registrado aqui a gratidão à minha madrinha, que me ensinou isso tudo rs!

Saia com uma mochila ou bolsa confortável de carregar

Se tem uma coisa que eu aprendi, é sempre andar de mochila. Além de eu gostar, é possível colocar várias coisas ali dentro, fazer um kit sobrevivência para garantir o sucesso do passeio.

Sempre carregue uma garrafinha d’água na mochila

Deveria existir uma lei que fizesse com que todos andassem com uma garrafinha – ah, no meu último texto eu falei de pequenas atitudes ecológicas e falei qual garrafinha eu uso, é só clicar aqui ALANA, POR FAVOR, PÕE ESSE LINK MANEIRO AÍ RSRSRS! BJÃO, TE AMO! (Feito link aqui galera!) – e mais ainda que existissem bebedouros de água filtrada na rua, porque olha… Manter-se hidratado é o primeiro passo para não ter que interromper o programa. O esquema é o seguinte: já sai de casa com a garrafinha cheia, e onde você passar e puder enchê-la gratuitamente, agarra a oportunidade, se hidrata e ainda economiza um dinheirinho.

Comidinhas

Eu sinto muita fome na primeira parte do dia, justo a hora que eu normalmente estou na rua quando saio para visitar algum lugar, que, ou não tem onde comer, ou é muito ruim, ou é muito caro. Para lidar com isso, eu costumo levar uma vasilhinha com alguns pãeszinhos do tipo bisnaguinha, pelo menos é esse o nome que dão por onde eu moro.

Mas agora eu estou em um processo de transição alimentar, mudando meus hábitos e aumentando minha disciplina – posso inclusive falar disso em um próximo texto, comentem se for interessante =) –, então o lanchinho em um próximo passeio será adaptado para algo como um sanduíche de pão 100% integral e frutinhas.

Casaco e guarda-chuva

Não importa para onde está indo, não importa a previsão do tempo, ou qualquer outra coisa, o tempo sempre pode virar de repente e você precisar do guarda-chuva, ou o museu é frio demais, ou o ônibus é congelado, ou faz frio mesmo do nada, coisa que não acontece no Rio, infelizmente rs!

Sempre use uma roupa confortável

Desde que fui ao Museu do Amanhã, um museu altamente interativo, e vi uma mulher com vestido e salto agulha, eu fiquei neurótica. Meus amores, vistam uma legging ou um short, uma blusa levinha e um tênis. Pode parecer bobeira, mas às vezes, tomara que não, ocorre uma emergência, e aí, como é que a gente fica? Além do conforto que um vestido não oferece, pelo menos para mim, que quando saio, saio às seis da manhã e só volto bem a tarde.

Registre! =)

Registrar não é só ter fotos. Ao chegar a casa, ao hotel/pousada/hostel, tenha um caderninho e anote cada lugar que visitou junto a tudo o que aprendeu lá, dessa forma, mesmo que esqueça, terá registrado para ter sempre um pedacinho daquela viagem/passeio guardadinho no coração.

CCBBRio de Janeiro 

Não sei em outros lugares, mas o CCBB do Rio possui duas exposições GRATUITAS, e super desvalorizadas, que são super legais. Uma conta a história do Banco, fundado ainda no Período Joanino(1808-1821) por D. João VI, com peças originais que compuseram salas em algum momento da sua história; e uma segunda chamada Galeria de Valores, que expõe um acervo enorme com moedas do mundo inteiro e de várias épocas diferentes.

MARMuseu de Arte do Rio 

Ele fica bem ali pertinho do Museu do Amanhã, mas é esquecido por muita gente. Trazendo arte “de verdade” e abrindo espaço para artistas nacionais, o MAR abre as portas GRATUITAMENTE todas as terças-feiras (e pago nos outros dias da semana), com muita coisa interessante e diferente para explorar dentro de ti algo que você não sabia que existia.

Um beijo, um abraço, fui!

GiouGiou =)

gio

Giovanna Abraçado Quitete tem dezesseis verões completos, é papagoiaba, nascida na região da Grande Rio de Janeiro, seu apelido favorito é ‘GiouGiou’ e sonha – e vai – ser professora de História. Gosta de ler, de ouvir Elis Regina e de visitar museus. No Instagram ela é @ggquitete, no Twitter ela também é @ggquitete e no Snapchat é só tirar o @ e ela é ggquitete.

Caqui: como usar?

caqui

Caqui é uma cor tendência – está em todo lugar – além disso combina com várias ocasiões e vários tipos de looks:

Uma peça: 

Por ser uma cor bem neutra você pode investir sem medo numa peça chave caqui porque vai poder combinar com diversas coisas que você já tem no guarda-roupa.

caqui1

Fonte: http://fashioncoolture.com.br

caqui2

Fonte: http://luisaaccorsi.com.br/

caqui3

Fonte: https://tendenciaseconsumo.com/

O look todo:

Pra quem se joga nas tendências um look monocromático e todo caqui também é possível.

caqui4

Fonte: http://www.luvmay.com.br/

caqui5

Fonte: http://fashioncoolture.com.br/

caqui6

Fonte: http://camilacoelho.com/

Sapatos e acessórios: 

Pra quem quer ir aos poucos os sapatos e acessórios são sempre uma boa opção.

caqui7

Fonte: http://www.chanel.com (apenas Chanel kk)

caqui8

Fonte: http://thefashionhall.com.br

Diz aí você já aderiu a essa tendência? Eu comprei e já to amando a bolsa da primeira foto, ela estava em promoção por R$29,90 na C&A (aquelas que não sabe ser phyna e sempre revela o preço) e é uma cor que realmente combina com tudo!

-Alana Bastos 

Faculdade de Fisioterapia: É difícil? Tem matemática?

Eu sempre respondo as dúvidas de vocês ou diretamente ou nos vídeos, dessa vez respondi as coisas que vocês mais me perguntam se fisioterapia é uma faculdade difícil e se tem matemática:

Se você gostou dê seu joinha e se inscreva no canal pra não perder os vídeos!

Ah e entra no nosso grupo de fisioterapia no face!

-Alana Bastos 

Perfumes: Dicas pra usar melhor!

Se você é apaixonada por perfumes, mas não entende muito bem porque o seu não dura muito na pele ou porque você amou um perfume na loja e depois que comprou não consegue usar, vem ver esse vídeo pra ter várias dicas de como usar melhor sua fragrância preferida. Ah e assista até o final porque tem dica pra vocês de como levar dois perfumes pra casa pelo preço de um!

Apesar de o prazo já ter passado a promoção ainda tá no ar, clique aqui e use o código ALANA001 pra ter 5% de desconto!

-Alana Bastos