#GirlBoss – Moda, Empreendedorismo e Marketing Digital

Eu já escrevi sobre #GirlBoss aqui, mas resolvi gravar um vídeo falando mais sobre o livro e sobre como ele aborda os assuntos de moda, carreira, empreendedorismo e negócios no mundo virtual:

Se você gostou do vídeo dê seu joinha e se inscreva no canal pra não perder nenhum conteúdo!

-Alana Bastos 

Rotina parte II: Hábitos Alimentares – GiouGiou, Café e Purpurina

habitos alimentares

Fonte: http://factuol.co.vu

No início desse ano eu resolvi mudar, e não só nas palavras, esse ano eu comecei a realizar. No meu primeiro post dessa série “Rotina” eu falei sobre como eu organizo meus estudos, e agora eu vou contar do meu processo de mudança alimentar.

A primeira coisa que eu fiz foi marcar meus médicos. Já com os exames de sangue passados pela Clinica Geral em mãos, fui à nutricionista. Não sei como, pois meus hábitos alimentares sempre foram horríveis, meus exames estavam bons, e junto com ela tracei uma dieta respeitando todos os meus horários de comer, apenas substituindo o que estava ruim e cortando o que estava errado. É super importante que haja esse acompanhamento, galera, beleza?!

Eu preparei para hoje, então, um papo falando o que eu como na rua (escola/curso/dias de estudo na biblioteca…). Já faz uns quatro anos que quase não como na cantina da escola, e de dois anos para cá aboli isso da minha vida. @Deusa obrigada!

O meu primeiro passo eu já falei em dois posts aqui no blog – aqui e aqui que é carregar uma garrafinha de água na bolsa, principalmente porque é praticamente o único líquido que eu estou bebendo, já que cortei refri e até suco só de vez em quando. O segundo é carregar sua própria comida. Eu levo potinhos sem vergonha alguma, para ser mais exata, eu levo potinhos de personagem, garfinho/colher da Disney mesmo, que como esses são menorzinhos, é melhor de carregar.

Para a escola eu levo sempre dois lanches, já que tenho dois recreios. Para o primeiro, é sempre um sanduíche. O pão é sempre integral (pão de forma 100% integral com castanhas e semente de girassol, ou pão árabe integral), e uma pastinha delícia, que é feita da seguinte forma:

2 ovos caipiras cozidinhos;

2 colheres de queijo cottage.

Amassa o ovo cozido todo, bem amassadinho. Depois adicione as duas colheres de cottage e, se quiser, um pouquinho de sal. Na montagem do sanduíche, essa pastinha rende três. Ainda adiciono uma saladinha (alface + tomate) e fica uma delícia!

O meu segundo lanche é uma fruta. Visando praticidade, levo mais banana.

À tarde o lanche é quase o mesmo. Uma fruta, que costuma ser maçã, pêra ou maçã verde, porque essa é opcional, então caso eu não coma, ela fica para o outro dia; e um pão, que varia dependendo do lugar para o qual eu estou indo. Quando eu vou para um lugar que tem uma sanduícheira (não sei como é chamada na sua cidade, mas é aquele negócio que liga na tomada para fazer misto quente) a minha disposição, levo um queijo frio para esquentar, ou seja, pão de forma com três fatias de queijo minas frescal.

Outra coisa muito importante que eu faço é transportar tudo isso em bolsinhas de pano e vasilhas, nada descartável, porque assim o meio ambiente agradece, não é mesmo? Eu só uso vasilhas, assim como minha garrafinha, Tupperware, que embora caras, duram uma vida. As minhas eu já tenho, na maioria, há algum tempo, então é bem possível que não se encontre mais igual, mas talvez com uma nova cor/pergonagem.

Na minha mochila para um dia inteiro na rua sempre tem:

* Sanduicheira (essa é uma vasilha que porta o sanduíche) da Hello Kitty;

* Pratinho (que eu ponho o segundo sanduíche, porque não sei onde está minha outra sanduicheira, que é so Shrek) da Minnie;

* Potinho de 140ml ou da Hello Kitty ou um de uma nova coleção, que tem a tampa amarelinha, onde eu ponho uma banana fatiada;

* Saquinho de pano (se sujar, joga na maquina e tá tudo certo) para carregar meus talheres;

* Faca e garfo em tamanho mini (aqueles de criança mesmo);

* Outro saquinho de pano para carregar minha fruta da tarde.

Ah, e para preparar isso tudo, acordo pontualmente às seis da manhã para fazer tudo com muita calma, amor e paciência!

Um beijo, um abraço, fui!

GiouGiou =)

gio

Giovanna Abraçado Quitete tem dezesseis verões completos, é papagoiaba, nascida na região da Grande Rio de Janeiro, seu apelido favorito é ‘GiouGiou’ e sonha – e vai – ser professora de História. Gosta de ler, de ouvir Elis Regina e de visitar museus. No Instagram ela é @ggquitete, no Twitter ela também é @ggquitete e no Snapchat é só tirar o @ e ela é ggquitete.

Fashion Revolution Week: vamos pensar sobre moda?

fashion revolution

Começou com o Fashion Revolution Day onde líderes da indústria de moda sustentável mundial se reuniram após um acidente em Bangladesh no dia 24/04/2013 criando uma campanha sobre o real custo da moda em todas as suas fases.

Segundo a co-fundadora Orsola de Castro a ideia é fazer as pessoas questionarem de onde vem suas roupas, quem as produz e em quais condições realizam esse trabalho, do costureiro ao agricultor de algodão.

fashion revolution 2

Isso vai totalmente de encontro com o que eu acredito antes do produto chegar a loja existem várias etapas que para nós são invisíveis e a busca por uma moda rápida e com o preço mais baixo possível as vezes nos leva a apoiar empresas gigantes que montam suas fábricas em países sub-desenvolvidos pagando o mínimo pelo trabalho e usando matéria prima de péssima qualidade que nos obriga a sempre comprar roupas novas.

Mas já existe o movimento contrário: peças básicas que duram anos no guara-roupa feitas de bons tecidos, por bons profissionais, que sim custam mais caro, mas que tem maior benefício pra nós, pra quem produz e pro meio ambiente (você sabe quanta água é usada para fabricar uma calça jeans?).

Se você leu até aqui e quer saber mais amanhã começa a Fashion Revolution Week do dia 24 a 30 de abril o Brasil todo recebe diversos eventos realizados por estudantes de moda para debater essas questões. O tema desse ano é “Money Fashion Power”: o fluxo de dinheiro na cadeia produtiva da moda.

Para saber mais sobre eventos em todo o país clique aqui, se você é de São Paulo veja a programação aqui.

Qual sua opinião sobre isso? Me conta nos comentários! 

-Alana Bastos 

Tendência: como usar veludo?

veludo1

Fonte: http://starving.com.br/

O outono-inverno 2017 surgiu com várias coisas novas, ainda na pegada brilhante dos anos 80 (já falamos sobre os batons vinil) temos o veludo, principalmente o mais brilhante o veludo molhado.

Por ser um tecido nada básico fica sempre a dúvida: como usar? Pesquisando fotos eu acho que fica perfeito como uma terceira peça pra transformar um look basiquinho em look noite ou de festa.

veludo2

Fonte: http://www.today.com/style

veludo3

Fonte: http://www.taofeminino.com.br

veludo4

Fonte: http://stealthelook.com.br

O veludo também pode ser usado como a peça principal do look:

veludo5

Fonte: http://fashioncoolture.com.br

veludo6

Fonte: http://www.guitamoda.com

Agora a minha parte favorita: os vestidos de veludo, são quentinhos e muito lindos!

veludo7

Fonte: http://www.sophiaabrahao.com.br

veludo8

Fonte: http://www.guitamoda.com

veludo9

Fonte: http://m.shein.com

E pra quem quer entrar aos poucos nessa onda temos os sapatos, bolsas e outros acessórios:

veludo10

Fonte: http://dailycristina.com

veludo11

Fonte: http://www.guitamoda.com

veludo12

Fonte: http://www.taofeminino.com.br

Essa é uma tendência que eu realmente amei por trazer cor e brilho principalmente pros dias de frio!

Quer mais inspirações? Passa lá na minha pastinha do Pinterest.

-Alana Bastos

Rotina parte I: Organizar e planejar os estudos – GiouGiou, Café e Purpurina

estudos

Por mais chato e clichê que possa parecer, ter uma rotina é realmente necessário. E olha que eu digo isso por experiência própria!

Não vendendo meu peixe, longe disso, eu sempre tirei notas boas, sem me organizar muito. No ensino fundamental. Porque quando chegou o Ensino Médio, oh Jah! Primeiro, eu tive a pior turma da minha vida na primeira série, prefiro até não comentar. Só que esse ano… Esse ano GiouGiou chegou para passar pra UFF e só não ir por causa da idade. Esse ano eu estou Padrão GiouGiou.

A minha dica é: PLANINHO DE ESTUDOS.

Existem vários sites, youtubers, e todo o tipo de informação na internet que te auxiliam a montar seu próprio horário de estudos, de acordo com as suas necessidades. Mas muitas vezes, como no meu caso, algum professor seu pode fazer para você. Eu fiz o meu com o meu professor de Química – Valeu, Marquinhos! Você é o cara! –, ele respeitou todos os meus horários, priorizou minhas específicas e frisou que eu não posso ficar zumbi de estudar, e isso é muito importante. Sempre tem um carinha na sua escola que pode te ajudar com isso; ano passado eu fiz com a psicóloga, e também foi bem legal, mas foi um pouco menos rígido porque o foco era outro.

Bom, certamente quem vai fazer o seu plano contigo, o que eu mais indico, alguém com experiência, tem conhecimento sobre os modos de você atingir seu objetivo, ou seja, vai te preparar para isso. Eu quero História na UFF, ou seja, ENEM. Então meu plano tem Humanas em grande quantidade e Redação forte, o resto, vejo uma vez por semana, mais na revisão diária(+ 1 ou 2 vezes). É, revisar todo dia o que a gente viu em sala. Pode parecer bobeira, mas olha… Faz uma santa diferença!

Uma coisa muito importante é não forçar muito, o “virar zumbi” que eu já citei. Como eu dou aula a tarde e faço curso, foi preciso adaptar a esses horários. Em um primeiro momento botamos tempo de estudo para depois da aula das minhas crianças, mas com algumas semanas percebi que eu não estava me sentindo bem daquela forma. Então cortamos as aulas depois do meu Big Box. Tem gente que também estuda sábado e domingo, mas eu preferi ficar só com o sábado de estudo e domingo descansar.

Eu tenho uma rotina cheia, mas eu consigo levá-la bem, até então. Caso esse cenário mude, vou adaptando o plano até se adequar ao que me faz bem.

Atualmente meu plano é da seguinte forma:

  • Segunda e Quarta: Revisão Diária (a famosa R.D.), 15:00-17:00, 17:45-19:00 eu dou aula, e às vezes estudo por fora disso, no caso, depois, mas é nesse horário pós 19h que normalmente eu organizo minha dieta (fica aí um spoiler?).
  • Terça: R.D. 15:00-17:00, Química 17:30-19:30, Física 20:00-22:00.

E sempre seguindo esse esquema de horários mais ou menos. Aos sábados eu começo a estudar às 9h, e normalmente acordo às 7h para poder tomar café tranquila, um banho para acordar e focar no estudo, que vai até às 20h.

É claro que eu não sou um robô, e entre um “tempo” e outro, tenho uma pausa de meia hora, seja para comer ou conversar com o crush, as pausas são muito necessárias e precisam ocorrer! É preciso recompor a mente para uma nova atividade.

Existem outras pequenas atitudes que podem ajudar muito também a melhorar o rendimento do estudo, tanto no ato, quanto por fora.

Um ambiente bem iluminado, mesa sem muitas coisas, silêncio, além de ter todo o material que vai precisar em mãos para que não se distraia com outra ciosa no caminho. Fazer um cantinho se estudos no quarto mesmo é muito legal, ou se puder, um mini escritório também é ótimo, eu tive o primeiro no meu antigo apartamento, e agora, como tenho mais espaço, tenho o segundo.

Alimentar-se bem e praticar exercício físico também pode auxiliar. “Mente sã, corpo são” e vice-versa, não é mesmo?

Um beijo, um abraço, fui!

GiouGiou =)

gioGiovanna Abraçado Quitete tem dezesseis verões completos, é papagoiaba, nascida na região da Grande Rio de Janeiro, seu apelido favorito é ‘GiouGiou’ e sonha – e vai – ser professora de História. Gosta de ler, de ouvir Elis Regina e de visitar museus. No Instagram ela é @ggquitete, no Twitter ela também é @ggquitete e no Snapchat é só tirar o @ e ela é ggquitete.

Banho de Brilho no Cabelo!

Pra quem quer realçar a cor do cabelo, seja natural ou tingido, o banho de brilho é uma ótima opção: não tem amônia e hidrata os fios, eu testei o da Avora Cosméticos e mostrei o antes, durante e depois em vídeo:

Se você gostou dê seu joinha e se inscreva no canal pra não perder nenhum vídeo!

-Alana Bastos